Atividade física, literacia física, cidadania ativa

Atividade física, literacia física, cidadania ativa

Vivemos uma crise de participação cívica e de envolvimento social. Pode a atividade física ser também uma expressão de cidadania?

Portugal tem níveis reduzidos de prática de atividade física. As consequências são conhecidas e incluem graves problemas de saúde pública, como a obesidade infantil e a diabetes. Habitualmente, olhamos para o cidadão, individualmente, como a fonte do problema, procurando razões na falta de motivação ou numa má gestão do tempo como fatores que impossibilitam ou dificultam a inclusão de mais atividade física no dia-a-dia. Contudo, existe uma estatística, presente em praticamente todos os países, que contraria esta tese. Tal como acontece com a obesidade e muitos outros problemas de saúde, a inatividade física é substancialmente mais prevalente nas pessoas com um nível educacional e socioeconómico mais baixo.

in Life&Style | 07/07/2017
Atividade física, literacia física, cidadania ativa

in Jornal Público| 09/07/2017
Atividade física, literacia física, cidadania ativa

Retirado de:
Página 30, consultar anexo do artigo

Erasmus Incoming