Formação Desportiva

Unidade Curricular: Formação Desportiva
Ano:

1

Semestre:

1º Semestre

Área Disciplinar:

Pedagogia e Met. de Intervenção nas Act. Motoras , Parte Currcicular

ECTS:

3.0

Regente:

António Fernando Boleto Rosado

Objectivos:

O objetivo da disciplina é desenvolver um conjunto de competências científicas, técnicas, profissionais e pessoais, que sustentem a atividade profissional dos treinadores desportivos considerando a sua dimensão educativa.

Conteúdos Programáticos em Syllabus:

I Tema – O desenvolvimento do atleta a longo prazo. Modelos de desenvolvimento da carreira do atleta. Modelos de inclusão. A prática deliberada e as perspetivas centradas no atleta.
II Tema – O Jovem e o Desporto: Contribuição da prática desportiva na formação e desenvolvimento do jovem. Os princípios orientadores da intervenção pedagógica dos professores. Fundamentos pedagógicos da liderança e da comunicação. O papel dos pais e dos dirigentes. As questões da especialização precoce e do respeito pelas fases e etapas de desenvolvimento.
III Tema – Intervenção Pedagógica em treino Desportivo. A intervenção pedagógica do treinador. Eficácia e qualidade do ensino das atividades físicas e desportivos. Modelos, estratégias, métodos e técnicas de ensino. O modelo da Educação Desportiva. O Modelo do Teaching Games for Understanding. O ensino da Técnica Desportiva: a) técnicas de gestão do tempo e dos recursos espaciais, materiais e humanos; b) técnicas de instrução; c) técnicas de (...)

Avaliação:

A aprovação na disciplina resulta de uma classificação global positiva (superior a 10 valores). A aprovação na disciplina pode ser conseguida por dois processos: em regime de avaliação contínua ou em exame final. O estudante que obtenha classificação igual ou superior a 10 valores na avaliação contínua fica aprovado. Um estudante com classificação inferior a 9,4 na avaliação contínua fica sujeito a prova escrita. A avaliação contínua incide sobre dois módulos, correspondentes ao curso teórico e ao curso teórico-prático e resultando da média aritmética simples entre os dois módulos. O módulo teórico corresponde, portanto, a 50% da nota final e o módulo teórico-prático aos restantes 50%. O módulo teórico-prático é avaliado com base nos seguintes parâmetros: avaliação da qualidade das sessões lecionadas (25%) e avaliação do relatório (25%). A nota terá sempre de ser superior a 9,4. O módulo teórico é avaliado através de uma frequência escrita. Se a avaliação teórica for inferior a 9,4, o aluno (...)

Bibliografia:

Arend, R. (1995). Aprender a Ensinar. McGraw-Hill.
Bento, J. (1998). Planeamento e Avaliação em Educação Física. Livros Horizonte.
Bento, J., Garcia, R., Graça, A . (1999). Contextos da Pedagogia do Desporto. Livros Horizonte.
Bento, J. (1995). O Outro Lado do Desporto, Vivências e Reflexões Pedagógicas, Campo das Letras Ed., Porto.
Christina, R; Corcos, D. (1988). Coaches Guide to Teaching Sports Skills. Human Kinetics. Champaign.
Coelho, O . (1988). Pedagogia do Desporto. Contributo para uma Compreensão do Desporto Juvenil. Horizonte.
Cunha, P. (1995). Para uma Deontologia da Profissão Docente, Brotéria,140,p.39-53.
Rink, J. (1993). Teaching Physical Education for Learning.
Mosby. Rodrigues, J., Sarmento, P., Rosado, A., Leça-Veiga, A ., Ferreira, V., Moreira, L. (1998). Quadro Conceptual da Investigação Pedagógica em Desporto. Estudos de Pedagogia do Desporto. Nº 6. Investigação. UTL. 11-13 de Dezembro. Pp.7-17.
Rosado, A. (1998). Nas Margens da Educação Física e do (...)

Programa em formato pdf:

Português

English

2019/2020

2019/2020

2018/2019

2018/2019

2017/2018

2017/2018

2016/2017

2016/2017

2015/2016

2015/2016

2014/2015

2014/2015

2013/2014

2013/2014



Erasmus Incoming