Clique na imagem e imprima o panfleto

altorendimento

Candidatos

Listagem dos Candidatos Mestrado em Treino de Alto Rendimento para o curso de 2015/2017:
Listagem

 

Contactos

E-mail:
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Contactar os Serviços Académicos

Mestrado em Treino de Alto Rendimento

Duração oficial

Anos: 2      Semestres: 4      Créditos ECTS: 120

Apresentação do Curso

O presente curso de mestrado destina-se, prioritariamente, a licenciados em Ciências do Desporto/Educação Física e Desporto que desempenhem funções de liderança técnico-pedagógica no treino de alto rendimento e desejem aumentar a sua formação e conhecimento no âmbito dos fundamentos biossociais e científico-pedagógicos do treino desportivo. É ainda propósito deste curso fornecer informação e instrumentos atualizados sobre metodologia da investigação científica em ciências do desporto.

O Instituto Português do Desporto e Juventude reconheceu o 2.º ciclo em Treino de Alto Rendimento (Despacho n.º 14 835-CJ / 2007) da FMH na componente de Formação Geral nos Graus I, II e III.

Objetivos

O curso de Mestrado em Treino de Alto Rendimento tem como objetivos principais:

  1. Contribuir para a especialização de treinadores desportivos, possibilitando-lhes a aquisição e aprofundamento de conhecimentos e métodos de intervenção referentes ao planeamento, condução e avaliação do processo de treino em atletas de Alto Rendimento.
  2. Contribuir para a especialização de treinadores desportivos, possibilitando-lhes o domínio de instrumentos de avaliação e controlo do treino específicos das diferentes modalidades desportivas.
  3. Contribuir para a especialização de treinadores desportivos, possibilitando-lhes a aquisição e aprofundamento de conhecimentos que permitam a prevenção de problemas de saúde, desde a lesão músculo-esquelética à fadiga acumulada e imunodepressão associadas ao processo de sobressolicitação – sobretreino, na condução do processo de treino.
Coordenação

Coordenador
Prof. Doutor José Gomes Pereira | E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Coordenador Adjunto
Professora Doutora Anna Volossovich | E-mail:  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Áreas Disciplinares

A área científica predominante do curso é Ciências do Desporto, sendo o curso organizado nas seguintes áreas disciplinares:

  • Biologia das Atividades Físicas (BAF) - 104 ECTS
  • Pedagogia e Metodologias de Intervenção (PMI) - 10 ECTS
  • Matemática Aplicada e Estatística (MAE) - 3 ECTS
  • Psicologia e Comportamento Motor (PCM) - 3 ECTS
Plano de Estudos

Consulte AQUI.

Limitações quantitativas
  • Numerus clausus: 30
  • Número mínimo indispensável ao funcionamento do curso: 15
  • Número de vagas destinadas prioritariamente a candidatos de países de língua oficial portuguesa: 4
  • Número de vagas destinadas a candidatos licenciados na época especial de conclusão de licenciatura: 4
  • Número de vagas destinadas à frequência de unidades curriculares isoladas: 10 vagas às seguintes unidades curriculares - Metabolismo Energético e Função Cardiorrespiratória; Crescimento, Maturação e Desempenho Desportivo; Função Neuromuscular; Biomecânica das Técnicas Desportivas; Métodos e Técnicas de Investigação em Ciências do Desporto I; Desenvolvimento das Qualidades Físicas; Planeamento do Treino; Psicologia do Treino e Métodos e Técnicas de Investigação em Ciências do Desporto II.

Júri de seleção: Professores Doutores Pedro Mil-Homens (Presidente), José Gomes Pereira (vogal) e António Paulo Ferreira (vogal).

Júri de creditação: Professores Doutores José Gomes Pereira (Presidente), Francisco Alves (vogal) e Fátima Baptista (vogal).

Condições específicas de acesso

Serão ponderados os seguintes critérios específicos para além dos expressos no regulamento:

  1. Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal;
  2. Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;
  3. Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico da FMH;
  4. Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da FMH.
Critérios de Seleção e Seriação Específicos:
  • Serão ponderados os seguintes critérios específicos para além dos expressos no regulamento:
  • Classificação da licenciatura:
  • Aos candidatos licenciados numa instituição universitária em Ciências do Desporto ou equivalente legal, será atribuída a seguinte ponderação:
    • Classificações de 14 valores – 4 pontos;
    • Classificações de 13 valores – 2 pontos;
    • Classificações inferiores a 13 – 1,5 pontos
  • Aos candidatos licenciados em áreas afins noutras instituições de ensino superior, será atribuída a seguinte ponderação:
    • Classificações de 14 valores – 3 pontos;
    • Classificações de 13 valores – 1,5 pontos;
    • Classificações inferiores a 13 – 1,5 ponto.
  • A todos os outros candidatos portadores de outras licenciaturas será atribuída a seguinte ponderação:
    • Classificações de 14 valores – 3 pontos;
    • Classificações de 13 valores – 1,5 pontos;
    • Classificações inferiores a 13 – 1,5 ponto.
  • Adicionalmente e em todos os casos acima referidos, será atribuído 0.5 pontos por cada valor acima de 14, até um máximo de 5 pontos;
  • Avaliação curricular: A avaliação curricular será composta por dois fatores: a formação profissional, técnica e científica, e a experiência profissional. A avaliação da formação profissional, técnica e científica, será efetuada de acordo com os seguintes critérios:
    • 0,10 pontos por cada curso de formação frequentado, considerado relevante pelo júri; até um máximo de 1 ponto
    • 0,20 pontos por cada participação como preletor, em ações e cursos de formação, consideradas relevantes pelo júri; até um máximo de 2 pontos;
    • 0,20 pontos por cada artigo ou trabalho publicado, no âmbito das Ciências do Desporto; até um máximo de 2 pontos.
  • Experiência profissional: A experiência profissional será avaliada de acordo com os seguintes critérios:
    • 0 a 5 pontos para classificar a experiência profissional no âmbito do treino desportivo, com base nos seguintes critérios:
      • Anos de prática como treinador, até um máximo de 2 pontos. Neste âmbito, considerar-se-á que 1 ponto corresponde a cinco ou menos anos de prática profissional e 2 pontos para uma prática profissional superior a cinco anos.
    • Adicionalmente, será valorizada a qualidade do modelo de intervenção, de acordo com os seguintes critérios:
      • 1 ponto pelo exercício profissional junto de equipas/atletas de âmbito nacional;
      • 2 pontos pelo exercício profissional junto de equipas/atletas detentores de títulos ou recordes nacionais;
      • 3 pontos pelo exercício profissional junto de equipas/atletas participantes em campeonatos da Europa, do mundo ou jogos olímpicos.

Poderá ainda, em alternativa à experiência profissional como treinador, ser considerado pontuar entre 1 a 2 pontos, a experiência dos candidatos como atletas de alta competição.

Em caso de empate, serão utilizados os seguintes elementos, por ordem decrescente de importância, para desempatar situações de igualdade de classificação final:

  1. Nota da licenciatura;
  2. Nota do item da avaliação curricular;
  3. Nota do item da experiência profissional.
Propinas

Valor total: 3.200,00€ (2.240,00€ no 1.º ano + 960,00€ no 2.º ano)

Regulamento

Regulamento de propinas para 2017/2018

Horário de funcionamento do curso

Sexta-feira: 9h-13h e 14h30-18h30
Sábado: 9h-13h

Legislação

 

Erasmus Incoming