Mestrado em Futebol

Duração oficial

Anos: 2      Semestres: 4      Créditos ECTS: 120

Apresentação do Curso

O treino em Futebol tem evoluído no sentido da complexidade e da especialização. A Faculdade de Motricidade Humana - Universidade de Lisboa (FMH/UL), em colaboração com a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), consideram fundamental a implementação de um plano de estudos inovador na área do treino em Futebol, que responda às crescentes necessidades de desenvolvimento técnico e científico do treinador e demais membros das equipas técnicas.

Este ciclo de estudos tem como finalidade proporcionar aos estudantes uma formação específica e avançada, de nível teórico/prático na área do treino em futebol, preparando-os para contextos onde se desenvolvem tarefas de supervisão e liderança de processos de treino/competição, observação e análise de jogo, ou controlo de treino.

Para este efeito, o desenvolvimento de competências neste ciclo de estudos articula-se de forma harmoniosa e é integrado em contextos reais de prática profissional, ao longo de dois anos de formação, culminando com a possibilidade de realização de estágio profissional ou dissertação.

O corpo docente foi estruturado em conjunto pela FMH e pela FPF, de forma a conciliar um conhecimento técnico e científico robusto no âmbito do treino em Futebol, garantindo-se assim um contexto científico-pedagógico de elevada qualidade.

Objetivos

Objetivos gerais definidos para o ciclo de estudos:

  1. Habilitar profissionais para a supervisão e liderança em contextos de treino e competição;
  2. Capacitar profissionais na área da saúde, com particular ênfase para o incremento da performance e prevenção/recuperação de lesões;
  3. Preparar profissionais na área da observação e análise de jogo;
  4. Estimular uma relação recíproca entre investigação e o contexto real de prática em Futebol;
  5. Estimular a formação contínua e multidisciplinar dos profissionais técnicos em Futebol.

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências) a desenvolver pelos estudantes:

  1. Interpretar e relacionar os fundamentos técnicos e táticos do Futebol, integrando-os no desenvolvimento de jogadores e equipas;
  2. Recolher e analisar dados informacionais de jogadores e equipas, observando as tendências evolutivas do jogo e formas de operacionalização de modelos de jogo;
  3. Reconhecer e integrar os princípios do treino na especificidade do Futebol, potenciando a performance individual e coletiva;
  4. Relacionar os fatores nutricionais e fisiológicos inerentes ao desempenho, reconhecendo fatores de risco e metodologias de prevenção/recuperação de lesões
  5. Utilizar tecnologia específica de avaliação e monitorização, com posterior análise crítica dos dados recolhidos
  6. Desenvolver as diferentes dimensões da intervenção técnica e tática em treino e competição;
  7. Integrar aptidões de liderança e de comunicação em contextos organizacionais que visam a melhoria do desempenho;
  8. Utilizar a evidência científica como auxiliar fundamental na resolução de problemas específicos no Futebol.
Coordenação

Coordenador
Prof. Doutor Pedro Fatela

coordenador adjunto
Prof. Doutor João Brito

Ramos
  • Aprofundamento de Competências Profissionais (Unidade Curricular Estágio)
  • Investigação (Unidade Curricular Dissertação)
Horário de Funcionamento do Curso

O curso será lecionado preferencialmente em regime semanal, de segunda a sexta-feira, em horário diurno.

Condições de Acesso
  • Titulares de grau académico de licenciatura ou equivalente legal.
  • Titulares de grau académico superior estrangeiro ou equivalente legal, sendo reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico da FMH.
  • Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da FMH.

Neste ciclo de estudos, para a seleção e seriação dos candidatos, serão ponderados critérios específicos em três dimensões:

  1. Classificação da Licenciatura
    1. Aos licenciados numa instituição universitária em Ciências do Desporto ou equivalente legal, será atribuída a seguinte ponderação:
      1. Classificação igual ou superior a 16 valores – 5 pontos.
      2. Classificação de 14 a 15,9 valores – 4 pontos.
      3. Classificação de 13 a 13,9 valores – 3 pontos.
      4. Classificação igual ou inferior a 12 valores – 2 pontos.
    2. Aos licenciados em outras instituições do ensino superior e/ou em outras áreas científicas, será atribuída a seguinte ponderação:
      1. Classificação igual ou superior a 16 valores – 2,5 pontos.
      2. Classificação de 14 a 15,9 valores – 2 pontos.
      3. Classificação de 13 a 13,9 valores – 1,5 ponto.
      4. Classificação igual ou inferior a 12 valores – 1 ponto.
  2. Avaliação do Currículo
    1. Os candidatos terão a avaliação do seu currículo baseada na sua formação profissional, técnica e científica, assim como na sua experiência profissional e desportiva
Formação Profissional, Técnica e Científica
  1. 0,20 pontos por casa curso de formação frequentado no âmbito do Futebol e considerado relevante pelo júri, até um máximo de 1 ponto.
  2. 0,50 por cada artigo ou trabalho publicado em revistas nacionais ou internacionais indexadas no âmbito do Futebol, até um máximo de 1 ponto.
  3. A realização de formação pós-graduada em instituições universitárias, no âmbito do Futebol, será valorizada em 1 ponto.

A Formação Profissional, Técnica e Científica terá obrigatoriamente de ser comprovada com a entrega de documentação para as situações apresentadas.

Experiência Profissional e Desportiva
  1. Anos de prática como treinador de Futebol, devidamente certificadas com inscrição na federação ou associação de futebol respetiva, com a seguinte pontuação:
    1. 1-3 anos de experiência – 1 ponto.
    2. 4-6 anos de experiência – 2 pontos.
    3. Mais de seis anos de experiência – 3 pontos.
  2. A qualidade do modelo de intervenção será valorizada da seguinte forma:
    1. 1 ponto pelo exercício da prática de treinador em contexto nacional (presença em campeonatos nacionais), em pelo menos 1 dos anos da experiência profissional.
    2. 2 pontos pelo exercício da prática de treinador em contexto profissional em Portugal ou no estrangeiro (não acumula com a valorização anterior).
  3. Os candidatos terão a sua experiência desportiva no âmbito do Futebol, valorizada da seguinte forma:
    1. 1 ponto pela prática federada em Futebol, de 1-3 anos.
    2. 2 pontos pela prática federada em Futebol, de 4-6 anos.
    3. 3 pontos pela prática federada em Futebol, de mais de 6 anos, com presenças em campeonatos nacionais.
    4. 3 pontos pela prática federada em Futebol, com internacionalizações pelas seleções nacionais de Futebol, correspondentes à sua nacionalidade.

A Experiência Profissional e Desportiva terá obrigatoriamente de ser comprovada com a entrega de documentação para as situações apresentadas, por parte da Federação respetiva.

Entrevista
  1. Todos os candidatos que obtenham uma pontuação igual ou superior a 10 pontos no somatório das dimensões de Classificação da Licenciatura e da Avaliação Currículo, irão realizar obrigatoriamente uma entrevista.
  2. Para os candidatos com uma valorização inferior a 10 pontos nas dimensões de Classificação da Licenciatura e da Avaliação Currículo, a possível realização da entrevista será decidida pelo Júri de Seleção e Seriação.
  3. A entrevista tem uma valorização máxima de 4 pontos.
  4. A entrevista será realizada por pelo menos 2 elementos do júri de seleção e seriação.
  5. Nesse momento do processo de seleção e seriação, será analisado e discutido o currículo e experiência profissional dos candidatos.
  6. A pontuação obtida na entrevista será somada à obtida nas outras dimensões do processo de seriação, de forma a definir a classificação final.
  7. A classificação obtida na entrevista pelos candidatos Admitidos à Próxima Fase de Candidatura, será utilizada na fase seguinte de candidatura, não se repetindo o processo de entrevista.
Limitações Quantitativas
  • Numerus clausus: 30
  • Número de inscrições indispensáveis ao funcionamento do curso: 15

Júri de Seleção e Creditação: Prof. Doutor Pedro Fatela (Presidente), Prof. Doutor Pedro Passos (Vogal) e Prof. Doutor João Brito (Vogal), Profª. Doutora Joana Reis, (Suplente)

Áreas Disciplinares

A área científica predominante do ciclo de estudos é Psicologia e Comportamento Motor, organizando-se da seguinte forma:

  • Psicologia e Comportamento Motor (PCM) – 87 ECTS
  • Biologia das Atividades Físicas (BAF) – 24 ECTS
  • Pedagogia e Metodologias de Intervenção (PMI) – 3 ECTS
  • Matemática Aplicada e Estatística (MAE) – 3 ECTS
  • Sociologia, Estudos Culturais e Gestão das Atividades Físicas e do Desporto (SEG) – 3 ECTS
Propinas

Valor total: 5.500,00€ (2.750,00€ no 1.º ano + 2.750,00€ no 2.º ano).

Regulamento de propina de Mestrado – Ano letivo 2022/2023

Legislação

Erasmus Incoming