Análise da Capacidade de Trabalho

Unidade Curricular: Análise da Capacidade de Trabalho
Ano:

3

Semestre:

1º Semestre

Área Disciplinar:

Psicologia e Comportamento Motor

ECTS:

6.5

Regente:

Filipa Catarina V. Silva Pinto Marto Carvalho

Objectivos:Pretende-se que os alunos:
Compreendam os conceitos de carga de trabalho e de capacidade de trabalho: Compreendam a relação existente entre estes dois conceitos;
Identifiquem os fatores determinantes da carga de trabalho e os fatores responsáveis pela capacidade de Trabalho;
Conheçam os métodos disponíveis para medir e avaliar a capacidade de trabalho/carga de trabalho em termos de características, vantagens e desvantagens;
Conheçam os critérios a ter em conta aquando da seleção dos métodos;
Consigam selecionar perante uma dada situação, os instrumentos adequados para avaliar a carga de trabalho;
Consigam avaliar/interpretar o custo associado ao trabalho e proponham estratégias de controlo.
Conteúdos Programáticos em Syllabus:Distinguir Capacidade de Trabalho (CT) de carga de trabalho (ct);
Conhecer os fatores determinantes da ct e responsáveis pelo Nível de CT; Compreender a vertente da ct usada na disciplina e na perspetiva da Ergonomia;
Compreender a importância da análise do trabalho na avaliação e interpretação da ct;
Conhecer os diversos métodos para medir e avaliar a ct bem como, os aspetos a ter em conta, na sua seleção;
Classificar o trabalho em termos de intensidade a partir do conhecimento e determinação da dose de exposição do operador a determinadas exigências impostas pelas tarefas;
Determinar e interpretar o custo associado à realização das tarefas (reais ou simuladas) pela análise dos resultados encontrados aquando da aplicação dos vários métodos de avaliação da ct;
Definir as estratégias de otimização das condições de trabalho, de forma fundamentada, com base nos dados adquiridos aquando da aplicação dos métodos de avaliação da ct.
Avaliação:Os conteúdos teóricos são apresentados e discutidos com suporte em apresentações em PowerPoint. A componente prática, que perspetiva a integração dos conceitos teóricos, incide na realização de fichas de trabalho (recensões de artigos ou resolução de problemas específicos correspondentes a situações reais/simuladas).
Existem dois modelos alternativos de avaliação: A avaliação contínua implica uma presença mínima obrigatória (4/5 das aulas lecionadas), a realização das fichas de trabalho e a realização de dois testes escritos (com eliminação de matéria). A avaliação final consiste na realização de um exame teórico (englobando toda a matéria) e na realização de um trabalho prático. A componente teórica tem um peso de 70% na nota final e a prática de 30%.
Bibliografia:Cada aluno inscrito tem acesso imediato (atribuição de password) à área da Unidade Curricular no Sistema de Gestão de Aprendizagem (E-learning FMH) onde tem à sua disposição, handouts, documentos de apoio, referências, links, etc.
Programa em formato pdf:

Português

English

2019/2020

2019/2020

2018/2019

2018/2019

2017/2018

2017/2018

2016/2017

2016/2017

2015/2016

2015/2016

2014/2015

2014/2015

2013/2014

2013/2014



Erasmus Incoming