Formação Profissional

Unidade Curricular: Formação Profissional
Ano:

Semestre:

Área Disciplinar:

-

ECTS:

Regente:

Carlos Alberto Serrão dos Santos Januário

Objectivos:

1. Saber utilizar os dispositivos de gravação e de visualização de imagens, como requisito prévio para a autoscopia;
2. Efetuar a autoscopia, salientando os pontos fortes e fracos da intervenção pedagógica e aplicando procedimentos de análise e avaliação na formação;
3. Conhecer e aplicar as técnicas de intervenção pedagógica mais importantes.

Conteúdos Programáticos em Syllabus:

0. Pré-requisitos: planificação da formação e relações ergonomia-formação.
1. Formação e situações de trabalho: condições organizacionais dos meios pedagógicos nas empresas. O Plano Individual de Formação, focado de preferência no trabalho de Estágio Académico.
2. Métodos e técnicas pedagógicas. Os métodos afirmativos, interrogativo e ativo. Os recursos didáticos (meios auxiliares de ensino tradicionais e novas tecnologias da comunicação e informação). Simulações pedagógicas. A autoscopia. As técnicas de intervenção pedagógica. A avaliação na formação. Os níveis, objetivos, funções, objetos, momentos e climas de avaliação. Instrumentos de avaliação.

Avaliação:

O foco principal são as técnicas da intervenção pedagógica. Na avaliação contínua, o aluno deve planear e efetuar uma sessão de formação, repetindo-a posteriormente. Em ambas, o planeamento e a intervenção pedagógica são registados. A autoscopia tem por objetivo o aperfeiçoamento das técnicas de intervenção pedagógica e de planeamento, analisando os dados das duas sessões e formulando um plano individual de formação (PIF). É obrigatório 2/3 de presenças às aulas teórico-práticas. Classificação final: 1. planeamento das duas sessões (25%); 2. intervenção pedagógica das sessões (35%); 3. relatórios de autoscopia, incluindo o PIF (35%); acresce a participação nas aulas teóricas e teórico-práticas (5%). Em exame final há uma prova prática e uma prova oral. A prova prática constituirá no planeamento e intervenção de uma sessão de formação simulada, com a duração de 35 minutos. Acedem à prova oral os alunos que obtiverem mais de 7.5 valores na prova prática.

Bibliografia:

De Ketele, J. M.; Thomas, J.; Chastrette, M. (1994). Guia do Formador. Instituto Piaget.
Ferrão, L.; Rodrigues, M. (2000). Formação Pedagógica de Formadores. 5ª edição. Lisboa: Lidel, Edições Técnicas.

Programa em formato pdf:

Português

English

2019/2020

2019/2020

2018/2019

2018/2019

2017/2018

2017/2018

2016/2017

2016/2017

2015/2016

2015/2016

2014/2015

2014/2015

2013/2014

2013/2014



Erasmus Incoming