Dança e Animação Sociocultural

Unidade Curricular: Dança e Animação Sociocultural
Ano:

3

Semestre:

2º Semestre

Área Disciplinar:

Soc., Est. Cult. e Ges. das Act. Físicas e do Des.

ECTS:

6.0

Regente:

Margarida da Conceição de Jesus Moura Fernandes

Objectivos:

- Diferenciar estilos e métodos de animação;
- Relacionar as funções da animação cultural e social (animação e criação, animação e difusão, animação e público, adaptação e integração, recreação e lazer);
- Caracterizar papéis, funções, competências, questões deontológicas e código profissional do animador;
- Intervir de acordo com as correntes de investigação sobre dinâmica de grupos;
- Conhecer e aplicar diferentes modelos e estratégias de dinâmicas de grupo;
- Utilizar diferentes meios (documentais, audiovisuais, experienciais) nas abordagens propostas;
- Utilizar diferentes formas de dança de movimento rítmico-expressivo e técnicas corporais de bem-estar, em situações programadas de animação sociocultural. Adequar de acordo com a população alvo;
- Conhecer e dominar métodos e ferramentas de avaliação específicas do programa, do animador e dos participantes;
- Conceber programas de dança e animação sociocultural de acordo com os contextos de intervenção comunitária.

Conteúdos Programáticos em Syllabus:

- Concepções e princípios da animação.
- Principais conceitos e técnicas de animação.
- Estilos e métodos de animação.
- Contributo da dança, como atividade lúdica e recreativa, na formação cultural e artística.
- Dança na comunidade como projeto artístico.
- Correntes de investigação em dinâmica de grupos.
- Psicologia social e dinâmica de grupos.
- Possíveis aplicações de dinâmicas de grupo.
- O animador, os participantes e os meios.
- As atividades (características, população alvo, contextos, estratégias e formas de dança).
- Avaliação do programa, do animador e dos participantes.
- Concepção e aplicação de projetos de animação sociocultural e lazer através da dança e do movimento expressivo.

Avaliação:

O modelo de avaliação contínua incide sobre a evolução (E) (participação e assiduidade) e sobre a elaboração das seguintes tarefas: fichas formativas (FF), relatório (R), fichas de pesquisa bibliográfica (PB) e um projeto de dança-animação (P). A nota final corresponde à média ponderada: 0.15E+0.20FF+0.15R+0.10PB+0.4P. O aluno é aprovado com nota final igual ou superior a 9.5 v.
O modelo de avaliação final inclui prova teórica (teste ou projeto) e prova oral específicas, dos conteúdos programáticos da disciplina. O resultado final é a média aritmética das duas notas. Nenhuma pode ser inferior a 9.5v.

Bibliografia:

Ander-Egg, E. (1999). O Léxico do Animador. Amarante. Edições ANASC.
Ander-Egg, E. (2000). Metodología y Práctica de la Animación Sociocultural, Madrid. Editorial CCS.
Lopes, M. (2008). Animação sociocultural em Portugal (2ª edição). Amarante: Intervenção.
Marina e col. (2005). Intervenção Psicológica em Grupos, Lisboa. FCG 2012.
Oliveira, B. (2010). Psicologia do Envelhecimento e do Idoso. Porto: Editora Livpsic.
Sempere, A. (2004). Elaboração de projectos e programas de animação sociocultural. In Animação Sócio-cultural – teorias, programas e âmbitos. Trilla (coord.). Edições Instituto Piaget. Editorial Ariel. Colecção Horizontes Pedagógicos. Lisboa, pp 135-154.
Trilla, J. (2004). Animação Sócio-cultural – teorias, programas e âmbitos. Trilla (coord.). Edições Instituto Piaget. Editorial Ariel. Colecção Horizontes Pedagógicos. Lisboa.

Programa em formato pdf:

Português

English

2019/2020

2019/2020

2018/2019

2018/2019

2017/2018

2017/2018

2016/2017

2016/2017

2015/2016

2015/2016

2014/2015

2014/2015

2013/2014

2013/2014



Erasmus Incoming