Fundamentos de Treino em Dança

Unidade Curricular: Fundamentos de Treino em Dança
Ano:

Semestre:

Área Disciplinar:

-

ECTS:

Regente:

Luis Miguel Xarez Rodrigues

Objectivos:

Dotar os estudantes das capacidades de intervir no processo de treino em dança, nomeadamente nas funções de planeamento, condução e avaliação das diversas componentes do treino, com destaque para avaliação e prescrição das qualidades físicas e das capacidades coordenativas.
Conhecer, justificar e diferenciar os principais conceitos relacionados com o treino de alto rendimento em dança.
Avaliar as diferentes componentes da condição física do bailarino e dominar os métodos de desenvolvimento das capacidades motoras: força, flexibilidade, resistência e velocidade.
Caracterizar as principais capacidades coordenativas e os métodos de desenvolvimento destas capacidades no contexto do treino das habilidades técnicas.
Utilizar de forma seletiva os testes que permitem uma avaliação periódica das principais variáveis que influenciam o rendimento do bailarino.
Conhecer os fundamentos que permitam a prescrição de exercícios para alguns componentes dos programas de treino para bailarinos.

Conteúdos Programáticos em Syllabus:

1. Princípios do Treino
2. Aquecimento (warm-up) e Retorno à Calma (cool down)
3. Rastreios (dance screenings)
4. Lesões em Dança
5. Dispêndio Energético em Dança
6. A Flexibilidade no Treino em Dança
7. A Força no Treino em Dança
8. Nutrição e Dança
9. Treino Técnico e Capacidades Coordenativas
10. Programação, avaliação e controlo do treino

Avaliação:

A disciplina tem uma componente de fundamentação teórica que é avaliada por via de testes escritos e da elaboração de um trabalho de desenvolvimento. A componente teórico-prática decorre na sala de exercício e centra-se em temas específicos da dança (warm-up, screening, força, flexibilidade, postura, etc.)
O modelo de avaliação contínua é composto por dois testes escritos, que têm uma ponderação de 0,6 da nota final. Os restantes 0,4 dizem respeito à elaboração de um dossier com desenvolvimento de um tema, elaboração e execução de um plano de sessão com exercícios para desenvolvimento de força e flexibilidade para melhoria de uma habilidade técnica de dança. O aluno terá aprovação na avaliação contínua sempre que a média aritmética dos diferentes momentos for igual ou superior a 9.5 valores.
O modelo de avaliação final será constituído por prova escrita sobre toda a matéria. O aluno é aprovado com a nota mínima de 9.5 valores.

Bibliografia:

American Ballet Theatre (2008). The Healthy Dancer: ABT Guidelines for Dancer Health. New York: ABT.
Chmelar, R. D. & Fitt, S. S. (1990). Diet for dancers: a Complete Guide to Nutrition and Weight Control. Hightstown: Princeton Book Company Publishers.
Clarkson, P. M. & Skrinar, M. (1988). Science of Dance Training. Champaign, Illinois: Human Kinetics.
Clippinger, K. (2016). Dance Anatomy and Kinesiology. (2ª ed.) Champaign, Illinois: Human Kinetics.
Fitt, S.S. (1996). Dance Kinesiology. (2ª ed.) New York: Schirmer, Thomson Learning, Inc.
Hamilton, L.H. (2008). The Dancer’s Way: The New York City Ballet Guide to Mind, Body, and Nutrition. New York: St. Martin’s Griffin.
Watkins, A. & Clarkson, P. (1998). Dancing Longer Dancing Stronger: a Dancer’s Guide to Improving Technique and Preventing Injury. Hightstown: Princeton Book.
Welsh, T. (2009). Conditioning for Dancers. Gainesville, University Press of Florida.
Xarez, L. (2012). Treino em Dança: Questões Pouco Frequentes. Cruz Quebrada: Edições FMH.

Programa em formato pdf:

Português

English

2019/2020

2019/2020

2018/2019

2018/2019

2017/2018

2017/2018

2016/2017

2016/2017

2015/2016

2015/2016

2014/2015

2014/2015

2013/2014

2013/2014



Erasmus Incoming