Técnica de Dança Social I

Unidade Curricular: Técnica de Dança Social I
Ano:

1

Semestre:

1º Semestre

Área Disciplinar:

Soc., Est. Cult. e Ges. das Act. Físicas e do Des.

ECTS:

5.0

Regente:

Margarida da Conceição de Jesus Moura Fernandes

Objectivos:- Conhecer e reproduzir danças tradicionais nacionais e de outros países;
- Estruturar frases musicais com movimentos padronizados comuns às danças tradicionais nacionais e internacionais;
- Estruturar frases de movimento baseadas no reportório motor, rítmico e espacial de danças tradicionais nacionais, internacionais;
- Conceber e interpretar sequências de criação coreográfica de acordo com os princípios subjacentes das danças tradicionais nacionais, internacionais e da coreografia tradicional;
- Estruturar frases de movimento a partir dos conteúdos técnicos desenvolvidos nas aulas;
- Recolher, analisar, reproduzir e transcrever repertório coreográfico tradicional;
- Identificar e utilizar acompanhamentos musicais populares, na criação coreográfica tradicional;
- Observar, analisar e apreciar situações de composição coreográfica tradicional mediante especificidades espaciais, motoras, rítmicas, de estilo e de relação e segundo critérios de inovação e originalidade.
Conteúdos Programáticos em Syllabus:Os conteúdos incidem sobre a análise e estudo dos reportórios tradicionais, nacional e internacional, a saber:
- Os elementos fundamentais e a terminologia específica.
- Os encadeamentos de movimento e as sequências de composição coreográfica.
- As dimensões de análise nas aprendizagens técnicas: Corpo, Espaço, Ritmo e Inter-relações.
- Os passos padronizados e as variantes aos passos padronizados.
- A dimensão estrutural (composição), a dimensão espacial e a dimensão rítmico-motora.
- A música. Os acompanhamentos musicais específicos e os acompanhamentos adaptáveis aos temas e ideias propostos (composição coreográfica).
- O papel do corpo enquanto agente técnico–expressivo.
- As estratégias de comunicação específicas às formas de dança trabalhadas.
- As relações (consigo mesmo, com o par, com o par contrário, com o outro, com o grupo e com o público).
- A composição coreográfica em situação de grupo, através de indicações pré-estabelecidas pelo docente.
Avaliação:O modelo de avaliação contínua incide, sobre a evolução (E), a apreensão e domínio dos conteúdos técnico-artísticos transmitidos: teoria (T), prática de reprodução (P) e trabalho de grupo de composição coreográfica (TG).
A nota final corresponde à média ponderada: 20%T+20%E+30%P+30%TG. O aluno é aprovado com nota final superior a 9.4 v.
O modelo de avaliação final inclui prova teórica e prática, sobre os conteúdos programáticos sendo o resultado final a média aritmética das duas. O aluno é aprovado com nota superior a 9.4 v.
Bibliografia:Bailey, M. L. (1991). International folk dances. In AIESEP/NAPEHE International folk dance and games workshop proceedings, 63-95. Atlanta: AIESEP/NAPEHE.
Harris, J.A., Pittman, A.M., & Waller, M.S. (1994). Dance a while: Handbook of folk, square, contra, & social dance (7th ed.). New York: Macmillan College Publishing Company
Kerr, K. A. (1993). Analysis of folk dance with LMA – based tools: A doorway to the world. Journal of Physical Education, Recreation and Dance, 64 (2), 38-40.
Portuguese folkdances
Moura, M. (2014). Danças e coreografias tradicionais. Documentação de Apoio. SGA-TDS I, FMH
Moura, M. (2007). Da tradição dançada à escrita da tradição. In Dança em Contextos Educativos. Eds: Margarida Moura e Elisabete Monteiro. FMH edições, 107-121
Moura, M. (2007b). Coreografia tradicional: princípios de composição. In Dança em Contextos Educativos. Eds: Margarida Moura e Elisabete Monteiro. FMH edições, 167-178
Zamora, A. (1995). Danzas del Mundo. Madrid: Editorial CCS
Programa em formato pdf:

Português

English

2019/2020

2019/2020

2018/2019

2018/2019

2017/2018

2017/2018

2016/2017

2016/2017

2015/2016

2015/2016

2014/2015

2014/2015

2013/2014

2013/2014



Erasmus Incoming