Acessibilidade

Unidade Curricular: Acessibilidade
Ano:

1

Semestre:

2º Semestre

Área Disciplinar:

Psicologia e Comportamento Motor

ECTS:

3.0

Regente:

Ana Cristina Guerreiro Espadinha

Objectivos:

No fim da unidade curricular os estudantes devem: - Compreender os conceitos de acessibilidade, design universal e deficiência e a sua importância. - Compreender os componentes de acessibilidade à Web. - Compreender o âmbito da normalização nacional e internacional da acessibilidade. - Compreender como se planeia, implementa e avalia a acessibilidade à Web.

Conteúdos Programáticos em Syllabus:

1. Acessibilidade. 2. Design universal. 3. Deficiência – Definições e tipos. 4. Compreender os utilizadores – Como utilizam a Web? - Estratégias de adaptação a tecnologias auxiliares. 5. Componentes de acessibilidade à Web. 6. Diretivas de acessibilidade para os diferentes componentes: - Conteúdo: WCAG - Web Content Accessibility Guidelines 1.0 e 2.0; - Ferramentas de criação: ATAG - Authoring Tool Accessibility Guidelines; - Ferramentas do utilizador: UAAG - User Agent Accessibility Guidelines. 7. Importância da Acessibilidade – dados estatísticos. 8. Regulações nacionais, europeias e mundiais de acessibilidade. 9. Normas ISO de acessibilidade. 10. Avaliação da acessibilidade: - Revisão preliminar; - Avaliação da conformidade; - Envolvimento dos utilizadores; - Ferramentas de avaliação; - Exemplos de estudos. 11. Planeamento e implementação da acessibilidade numa empresa.

Avaliação:

Avaliação Contínua: - Trabalho individual ou de grupo sobre temas de acessibilidade (nota mínima trabalho 9.5 valores) e sua discussão oral; Avaliação Final: - Exame escrito (nota mínima 7.5 valores) - Oral – decidida caso a caso (nota mínima de acesso à oral 7.5 valores)

Bibliografia:

Nicácio, J. M. (2010). Técnicas de Acessibilidade: Criando uma WEB pra todos. Maceió - Alagoas: Edufal - Editora da Universidade Federal de Alagoas. Resolução do conselho de Ministros 97/99 - Acessibilidade dos sítios da Administração Pública na Internet pelos Cidadãos com Necessidades Especiais. Conselho da Europa. (2001). Resolução ResAP (2001): Para a plena cidadania das pessoas com deficiência através de novas tecnologias inclusivas. Estrasburgo: Direção dos Assuntos Sociais e da Saúde. Presidência do Conselho de Ministros. (2009). Resolução do Conselho de Ministros n.º 155/2007 de 2 de outubro. Diário da República, 1.ª Série - N.º 190. ISO. (2006). ISO/DSI 9241-171: Ergonomics of human-system interaction — Part 171: Guidance on software accessibility. Geneva: International Organization for Standardization. ISO. (2008). ISO/FDIS 9241-20:2007 - Ergonomics of human-system interaction — Part 20: Accessibility guidelines for information/communication technology (ICT) equipment

Programa em formato pdf:

Português

English

2019/2020

2019/2020

2018/2019

2018/2019

2017/2018

2017/2018

2016/2017

2016/2017

2015/2016

2015/2016

2014/2015

2014/2015

2013/2014

2013/2014



Erasmus Incoming